Inicial - Alta tolerância. Não existem grandes consequencias físicas ou emocionais. O relacionamento com a família, amigos, profissional ou escolar não é afectado. No entanto o consumo mesmo que reduzido já leva o indivíduo a uma sensação ilusória de prazer.

Intermédia - Quase sem se aperceber começa a aumentar o consumo de álcool ou das outra drogas para obter o efeito inicial desejado. Se o indivíduo interrompe abruptamente o consumo de álcool ou outras drogas sente inevitavelmente sofrimento físico e emocional. É o chamado "Síndrome de Abstinência". Nesta fase a doença já está caracterizada como tal, e por mais que o indivíduo queira controlar o consumo ou parar de consumir, o sofrimento físico e emocional provocado pela abstinência é tanto, que faz com que esse compromisso seja quase impossível de ser mantido. Precisa de ajuda técnica/profissional para o fazer.

Final - É a fase do isolamento. O indivíduo isola-se da família, amigos e colegas de trabalho para poder beber ou consumir drogas. Normalmente abandona as responsabilidades, deixa de progredir profissionalmente, chegando a perder o emprego e a ter problemas policiais. As suas perdas e prejuízos são significativos. Sente-se irritado, enervado, tem atitudes agressivas, deixa de sentir prazer e alegria. Está sempre deprimido e só sente sofrimento. Se a doença não for detida, ele poderá vir a morrer precocemente.

A dependência química ou emocional é uma doença caracterizada pela forte negação. Apesar de estar cheio de problemas em todas ou na maior parte das áreas da sua vida, o dependente nega que tenha um problema e dificilmente aceita ajuda.

Através de técnicas terapêuticas de intervenção é possível quebrar a referida negação, levando o dependente e a família a procurar ajuda profissional com a finalidade deste se tratar e entrar em recuperação, tornando-se num cidadão útil e produtivo da sociedade, através da abstinência do consumo de substâncias psicoactivas e da mudança de estilo de vida. Este trabalho é feito com ajuda técnica de uma equipa multidisciplinar com formação nos Estado Unidos e Portugal, composta entre outros, por 1 MÉDICO PSIQUIATRA, 1 MÉDICO DE CLÍNICA GERAL, 1 EQUIPA DE ENFERMAGEM, 3 TÉCNICOS DE ACONSELHAMENTO, 3 MONITORES E 1 NUTRICIONISTA.